Skip to Content

NAVIOS SAGRES E CREOULA

Gráficas

"Nesta centenária parceria dos CTT - Correios de Portugal com o Mar, é perfeitamente normal e amplamente merecida a homenagem ao Navio da República Portuguesa (NRP) Sagres e ao Navio de Treino de Mar (NTM) Creoula.
Em 2014, com a edição de dois livros que narram a história de cada um dos navios, em textos inspirados do Comandante António Manuel Gonçalves".
"O atual Navio da República Portuguesa (NRP) – Sagres – foi lançado à água a 30 de outubro de 1937. Sob a designação de Albert Leo Schlageter, serviu como navio-escola da Marinha Alemã até final da Segunda Guerra Mundial e em 1948 foi cedido ao Brasil, de forma a mitigar os prejuízos causados pelos submarinos germânicos.

O NRP Sagres constitui-se como esteio na formação dos oficiais da Escola Naval, que a bordo aprendem a respeitar o mar e os seus desígnios. Com uma história que se confunde com a lenda, já circundou por três vezes o globo, visitou 166 portos estrangeiros em 60 países e acolheu a bordo figuras ilustres e centenas de milhares de visitantes. Fazendo jus ao epíteto de Embaixador Itinerante, contribui para a afirmação de Portugal no mundo, levando a cultura, os valores e o quinhão de solo pátrio às comunidades portuguesas espalhadas pelos cinco continentes.

O Creoula, construído para a Parceria Geral de Pescarias em apenas 62 dias de trabalho, foi lançado à água no dia 10 de maio de 1937.  O Creoula seguiu ainda nesse ano para a primeira campanha nos bancos da Terra Nova e da Gronelândia, onde, a bordo dos pequenos dóris, os pescadores capturavam o bacalhau. Até 1973, altura em que encerrou este ciclo, pescou cerca de 23 000 toneladas de bacalhau em 37 campanhas consecutivas. Economicamente inviável para a pesca, foi adquirido pelo Estado e, a 20 de março de 1987, recebeu a designação de Unidade Auxiliar de Marinha (UAM). Classificado como Navio de Treino de Mar (NTM) e colocado na tutela do Ministério da Defesa Nacional, passou a realizar viagens promovidas por instituições públicas e privadas. Operado e mantido pela Marinha, nestes 25 anos o NTM Creoula já embarcou cerca de 15 000 jovens civis, contribuindo para o conhecimento e para o despertar de aptidões e talentos ligados ao mar".

Graficas, Artes Graficas, Livros, Capa dura



artigos | by Dr. Radut